Menu fechado

Instrumentos de pesquisa: questionário x entrevista

Os instrumentos de pesquisa são as ferramentas eleitas pelo pesquisador para coletar os dados de sua pesquisa e obter as informações pertinentes ao seu trabalho.

Listamos as principais características de dois dos instrumentos mais utilizados: questionário e entrevista.

Questionário

É um instrumento de coleta de dados constituído por perguntas ordenadas que devem ser respondidas ou informadas pelo participante da pesquisa, em meio físico ou digital. As perguntas podem ser entregues por escrito e recebidas por escrito, quer dizer, a aplicação de questionário não exige necessariamente o contato face a face entre o pesquisador e o pesquisado.

• As perguntas do questionário devem ser formuladas de forma direta e a linguagem deve ser simples.

• Não pode existir nenhum tipo de indução a uma determinada resposta.

Ponto forte: padronização e possibilidade de massificação da coleta de dados e informações para a pesquisa.

Entrevista

As entrevistas podem ser classificadas em diferentes tipos, destacamos os principais deles:

• Entrevista estruturada: perguntas predeterminadas, ou seja, segue um roteiro previamente elaborado e o entrevistador deve estar atento ao seu cumprimento sem nenhuma alteração na ordem das perguntas.

• Entrevista semiestruturada: traça um inventário mínimo de perguntas, mas permite que o pesquisador tenha liberdade para interação com o entrevistado conforme o andamento da entrevista.

• Entrevista não estruturada: o pesquisador/entrevistador estimula inicialmente o assunto e deixa o entrevistado livre para construir seus argumentos.

Ponto forte: o pesquisador tem a oportunidade de repetir ou reformular as perguntas, facilitando a compreensão, e a possibilidade da captação da expressão corporal do entrevistado, tom de voz, etc.

IMPORTANTE

Caso seja possível, é interessante que seja realizado um pré-teste com os instrumentos escolhidos e elaborados. Busque averiguar algumas características:

Validade: constatar se o instrumento traz todos os dados necessários à investigação;

Operatividade: observar se o vocabulário é acessível e se as questões estão claras.

Para realizar os pré-testes, aconselha-se o cumprimento das seguintes etapas:

• Elaborar as questões e encaminhar a outros pesquisadores da área para que emitam suas opiniões;

• Aplicar o instrumento em um grupo de indivíduos que não serão os participantes de pesquisa no estudo de fato. Porém, é interessante que os participantes escolhidos para o pré-teste apresentem características semelhantes àqueles que irão fazer parte do grupo que participará da sua pesquisa. As respostas dos pré-testes permite ao pesquisador adaptar algumas variáveis do instrumento para melhor responder aos interesses dos propósitos do estudo.

Está precisando de um suporte maior para a construção de seu projeto ou TCC?

Sugerimos o Monografis, uma das melhores ferramentas disponíveis para elaboração de TCC, dispondo de orientadores disponíveis, de uma comunidade, de um programa que auxilia na elaboração e organização do TCC, dentre outras facilidades.

Clique aqui e confira

Conteúdos sobre pesquisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *