Menu fechado

12 coisas que você precisa saber para atualizar o Currículo Lattes

Você fica confuso na hora de diferenciar os tipos de publicação para atualizar o Currículo Lattes? Primeiramente é importante saber que a Plataforma Lattes representa a experiência do CNPq na integração de bases de dados de Currículos, de Grupos de pesquisa e de Instituições em um único Sistema de Informações.
Afinal, para que devo fazer e/ou atualizar o Currículo Lattes? 
Então, esse currículo se tornou um padrão nacional no registro da vida dos estudantes e pesquisadores do país, e é hoje adotado pela maioria das instituições de fomento, universidades e institutos de pesquisa do País. Por sua riqueza de informações e sua crescente confiabilidade e abrangência, se tornou elemento indispensável e compulsório à análise de mérito e competência dos pleitos de financiamentos nas áreas das ciências.
Com base na plataforma Lattes, agrupamos doze tipos de produções bibliográficas que você pode incluir no currículo. Confira abaixo!

1. Artigos completos publicados em periódicos

São publicações divulgadas em revistas técnico-científicas ou periódicos especializados, de autoria ou coautoria do pesquisador e/ou aluno. IMPORTANTE: revista sem qualis também é periódico, mas revista não-científica não é periódico. Periódico é uma publicação de caráter científico. DICA: Periódicos mais antigos podem não ter ISSN e devem ser cadastrados em “Outra Produção Bibliográfica”.

2. Artigos aceitos para publicação

São publicações divulgadas em revistas técnico-científicas ou periódicos especializados, de autoria ou co-autoria do usuário, que ainda não foram editadas mas já foram aceitas pela revista. Neste caso, o artigo recebe a denominação “in-press”, ou “no prelo”. Artigos submetidos, mas ainda não aceitos, não devem ser inseridos no Currículo Lattes. Note que o artigo aqui inserido, quando publicado, pode ser automaticamente transferido para “artigo completo publicado em periódico”.

3. Capítulos de livro

Aqui é pertinente destacar a diferença entre “capítulo de livro” e “artigo completo publicado em periódico”. DICA: observe se o texto no qual publica tem ISBN (de livros) ou ISSN (de periódicos).

4. Livros publicados/organizados ou edições

Já publicou/organizou alguma edição de livro? Deve ser nessa seção a inclusão desse tipo de produção.

5. Trabalhos completos publicados em anais de evento

Essa seção é destinada a textos completos publicados/apresentados em decorrência de sua apresentação em um algum evento acadêmico/científico.

6. Resumos expandidos publicados em anais de evento

São menores que trabalhos completos e nem todas as ideias são devidamente maturadas. Porém, isso desqualifica o caráter científico do seu escrito.

7. Resumos publicados em anais de evento

É comum que resumos expandidos contenham de 4 a 6 páginas Já os resumos, geralmente, contam com no máximo uma página e meia. Certifique-se de como o seu escrito foi apresentado nos anais a ele vinculado.

8. Textos em jornais ou revistas (magazines)

São textos divulgados em revistas não técnico-científicas ou jornais de notícias não especializados, de autoria ou coautoria do pesquisador/aluno.

9.  Apresentação de trabalho

Este item comporta trabalhos apresentados que não estão vinculados a outro evento, como palestras isoladas, Aulas Magnas, etc. OU SEJA: As apresentações de trabalho NÃO são ESTRITAMENTE publicações, mas devem constar no item destinado às produções bibliográficas.

10. Outras produções bibliográficas

Qualquer outra produção bibliográfica que não se enquadre nas opções anteriores, inclusive artigos publicados em periódicos sem ISSN.

11. Tradução

Refere-se ao cadastramento de artigos, livros ou outras publicações traduzidas pelo usuário.

12. Prefácio, posfácio

Destina-se ao cadastramento de prefácio, posfácio, introdução ou apresentação de livros.
Gostou? Pretende fazer ou atualizar o Lattes? Ainda está ainda com dúvidas? A gente sugere que você veja na íntegra a página do CNPQ http://lattes.cnpq.br/, pois no tópico “ajuda” tem um tutorial bem simples para auxiliar na tarefa de categorizar corretamente os seus escritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *